Padel Magazine -Quem disse que o torneio de Marselha em 14 e 15 de setembro não foi um torneio dos sonhos?

Sim, havia apenas uma quadra de padel.

Sim, o tempo estranhamente não era tão brando como quando não choveu em Marselha nos últimos meses.

Sim, foi o último torneio da temporada antes dos mestres da FFP (Federação Francesa de Padel) em novembro.

E, novamente, sim, foi um torneio certamente sem aposta, pois já conhecíamos os qualificados para o mestre.

E ainda ... o padel permitiu que todos concordassem: Que bom jogar!

Muitas equipes francesas estavam presentes. Equipes de longe também participaram deste evento esportivo.

No entanto, as equipes do famoso conjunto de clubes (Aix-en-Provence) com mais de jogadores do 100, infelizmente perderam o placar. Que pena ... Mas isso é apenas parte do desconto para este clube.

Jean-Marc Dalain o gerente da padel no Clube de Tênis de Marselha (TCM) estava no forno e na moenda porque ele teve que organizar esta grande festa de padel em um único lote. Missão bem-sucedida!

Os primeiros jogos deram o tom.

Temos direito a um ótimo show com belas oposições, mas também surpresas ...

Começando com uma surpresa da marca com a saída dos cabeças-de-chave nº 1 (Patrick e Kevin Fouquet) depois de uma partida onde tudo deu certo para a dupla Bequetti / Weller. Este mesmo par teve o desprezo de vencer Jean-marc Dalin 6/1 6/1. A dupla Bequetti / Weller é linda e generosa, mas infelizmente vai pagar o preço com uma contundente lesão de Lionel Bequetti na semifinal que o afastará de campo por algum tempo.

A vitória, merecida, retornará aos pares Biegel / David contra Marseillo-Saint-Cyrien Abautret / Grandmont, todos os quatro usados ​​para chegar à última praça dos torneios.

O TCM com Jean Marc Dalain na liderança, ganhou sua aposta, para organizar um torneio em um campo na alegria e bom humor. Correu tudo muito bem e os jogadores estão a pedir mais!

Finalmente, o gerente do clube nos dá sua mensagem:

Em suma, o padel, a meu ver, amigável e onde damos tudo em campo, independentemente do adversário.

Obrigado a todos e até o próximo mês, no Masters, para que eu tenha mais algumas lições! ... sim, eu sei, sou teimosa!

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.