Fede Chingotto volta à vida depois de unir forças com Ale Galan. Com seis finais em seis torneios e três títulos, a nova dupla “Chingalan” enfrenta Arturo Coello e Agustín Tapia. Somos brindados com uma verdadeira batalha entre estas duas duplas e estes não são fãs de padel quem vai reclamar disso.

Segunda-feira, na final do Chile, Agustín Tapia e Arturo Coello, após passarem 6/0 para seus adversários, começaram a ver ressurgir o espectro de Mar Del Plata, eles que haviam perdido na Argentina após vencer o primeiro set enfrentando o par número 2.

Para conseguirem colocar a cabeça acima da água, o “Rei Arturo” e o “Mozart de Catamarca” precisavam manter a cabeça fria, como explicou Agus durante uma troca de fins.

“Só há uma chave nesta partida: é estar com a mente sã. Mesmo que pareça que Chingotto tem 1,95 metros de altura e pareça impossível marcar um ponto sobre ele, temos que manter a cabeça forte para não desanimar. É isso que eles provocam, mas também o que provocamos nos nossos adversários. Ao aguentarmos mentalmente, continuamos no jogo.”

Uma mensagem que deu frutos e que ilustra o respeito do argentino pelo seu compatriota. Capaz de ficar muito tempo sem errar um lance e até fazer a diferença quando necessário (14 arremessos vencedores na semifinal com 7 de 8 no smash!), Fede Chingotto está no topo de seu jogo e isso claramente não passa despercebido a ninguém!

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !