Patricia Martinez e Cristina Carrascosa proclamam-se campeões doAberto da Hungria 2022. Os espanhóis conquistam o segundo título consecutivo e Carrascosa voa para o topo do ranking APT.

Batalha no centro

O encontro começa com os dois pares dando golpe por golpe. Baharak Soleymani e Ayla Behram estão bem na final, o que equilibra os debates.

Mas quando Cristina Carrascosa e Patricia Martinez decidem acelerar, fazem uma pausa. O jogo depende dos espanhóis que ainda o têm sob os pés. Eles levam a primeira rodada 6/3.

A experiência do título

No segundo set, os suecos pretendem prejudicar seus adversários. Eles jogam o seu melhor padel, mas não conseguem converter um único dos três pontos de interrupção que eles obtêm. Carrascosa e Soleymani trocam celebrações bastante virulentas.

A tensão sobe ainda mais quando Cristina grita com seu parceiro na quadra “é fácil, é só colocar a bola”. Os espanhóis finalmente conseguem fazer o intervalo no melhor momento para concluir a partida. Suporte

Questionado sobre a rivalidade com Soleymani, Carrascosa quis esclarecer a situação à sua maneira na entrevista pós-jogo:“Muitas coisas são ditas fora, mas tivemos que provar isso em campo. Hoje somos campeões mais uma vez”.

Agora é hora da final masculina!

Por seus nomes, podemos adivinhar suas origens espanholas e italianas. Lorenzo é um poliglota apaixonado por esportes: jornalismo por vocação e eventos por culto são suas duas pernas. Ele é o cavalheiro internacional de Padel Magazine. Você o verá frequentemente nas várias competições internacionais, mas também nos principais eventos franceses. @eyeofpadel no Instagram para ver suas melhores fotos de padel !