Foi uma pequena surpresa no Pala Angers Open com a vitória do 3º cabeça-de-chave do torneio, Étienne Brouillard / Alexandre Boilevin, que conseguiu superar o 1º cabeça-de-chave, favorito do torneio, Mathieu Armagnac / Morgan Mannarino.

Os forasteiros conseguiram vencer em 3 sets: 6/4 3/6 6/2 após uma hora e meia de jogo.

Esperávamos isso e a final cumpriu todas as promessas com um confronto de alto nível. Brouillard e Boilevin estiveram em chamas esta tarde, realizando um primeiro set perfeito, marcado por muita agressividade e realismo. Depois de quebrar no melhor momento, no famoso 7º game, o cabeça-de-chave número 3 venceu este set por 6/4.

Note-se que no primeiro set os pontos foram muito curtos... e neste jogo foram Étienne Brouillard e Alexandre Boilevin que conseguiram ser mais consistentes e concluíram o primeiro set em apenas 25 minutos.

No segundo set, os pontos foram um pouco mais longos. No impulso, Boilevin e Brouillard quebraram desde o início. Vimo-los no caminho certo para continuar esta dinâmica, mas isso sem contar com o forte regresso do TDS 1, Mannarino e Armagnac. Este último conseguiu reverter a situação aumentando gradativamente o seu nível de jogo, para finalmente vencer por 6/3.

O terceiro set será o mais longo. No set final, começou um mano a mano entre as duas equipes. Apesar de alguns jogos difíceis, ninguém conseguiu escapar até 2/2. Foi nesse momento que a dupla nortenha, transportada por um monstruoso Alexandre Boilevin, fez a diferença. Em quase 40 minutos, a dupla Brouillard/Boilevin conseguiu vencer esta última rodada com um placar de 6/2.

stat nevoeiro fervevin p1000 irrita
Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Club des Pyramides em 2009 na região de Paris. Desde a padel faz parte da vida dele. Você costuma vê-lo viajando pela França para cobrir grandes eventos em padel Francês.