Veja como os 16 melhores pares de homens e mulheres devem ser classificados no início da temporada de 2021 no World Padel Tour.

Lembre-se de que o World Padel Tour a bloqueou o ranking em 30 de março de 2020, no momento do primeiro confinamento. Então ela configurou um Raça, um ranking que leva em conta apenas os resultados do ano 2020, a fim de determinar as oito duplas que poderão participar na Final Master Menorca.

Como dissemos anteriormente : World Padel Tour irá configurar um desbloqueando o ranking, tendo em conta para cada jogador durante o primeiro torneio do ano, os pontos da Race 2020, os 5 melhores resultados de 2019, bem como para os participantes, os pontos de dois torneios Challenger (Paris e San Janvier ), bem como os dos torneios 2020 FIP.

Aqui está como deve ser para os 16 pares principais de homens e mulheres no início do ano fiscal de 2021.

Os 16 melhores pares para homens

  1. Galan / Lebron: 32 240 pontos
  2. Belasteguin / Gutierrez: 20 945 pontos
  3. Lima / Tapia: 19 955 pontos
  4. Navarro / Di Nenno: 15 170 pontos
  5. Chingotto / Tello: 13 460 pontos
  6. Germani / Sanchez: 12 101 pontos
  7. Ruiz / Stupaczuk: 11 810 pontos
  8. Botello / Ruiz: 10 470 pontos
  9. Silingo / Diaz: 9 835 pontos
  10. Mieres / Cepero: 5 799 pontos
  11. Javi Rico / Momo Gonzalez: 5 310 pontos
  12. JM Diaz / Nieto: 4 425 pontos
  13. Capra / Lijo: 4 217 pontos
  14. Piñeiro / Barahona: 4 174 pontos
  15. Bergamini / Campagnolo: 4 109 pontos
  16. Belluati / Garrido: 4 072 pontos

Não é novidade que Ale Galan e Juan Lebron, grandes dominadores nesta temporada, têm uma vantagem bastante clara sobre seus adversários. Para notar que número 1 ao iniciar o ano será Galan, que, com 16 pontos, supera seu companheiro de equipe Lebron (360 pontos).

Atrás, encontramos os três novos pares Bela / Sanyo, Lima / Tapia e Di Nenno / Navarro, seguidos de Chingotto / Tello, um pouco penalizado pelos resultados de 2019. Atrás dele é lógico, com a pequena surpresa Cepero / Mieres na 10ª posição, que se beneficia do bom Resultados de Juani em 2019.

privativa, do 12º lugar, os pares ficam em um pocket square !

Os primeiros 16 pares para mulheres

  1. Salazar / Triay: 24055 pontos
  2. Marrero / Ortega: 22 190 pontos
  3. Josemaria / Sanchez: 21 275 pontos
  4. Gonzalez / Sainz: 17 710 pontos
  5. Alayeto / Alayeto: 15 800 pontos
  6. Amatriain / Araujo: 8 850 pontos
  7. Llaguno / Riera: 8 850 pontos
  8. Nogueira / Tenório : 6 pontos
  9. Brea / Icardo: 5 120 pontos
  10. Carolina Navarro / Reiter: 4 905 pontos
  11. Iglesias / Osoro: 4 853 pontos
  12. Galan / Villalba: 4 393 pontos
  13.  Lucia Martinez / Virseda: 3 601 pontos
  14. Teresa Navarro / Carnicero : 2 pontos
  15.  Rufo / Talavan: 2761 pontos
  16. Brito / Traviesa: 2 650 pontos

Entre as raparigas, três pares estão muito próximos no topo do ranking, com a nova associação na liderança: Salazar / Triay. Observe que há dois empatados número 1 mundial: Ale Salazar e Ari Sanchez, que, com 12 pontos cada, estão à frente de Triay e Sainz (390 pontos)!

As duas duplas que “trocaram” Araujo / Amatriain e Llaguno / Riera, estão empatadas na sexta posição, com 8 pontos cada!

Um pouco parecida com Mieres / Cepero para os homens, a veterana dupla Nogueira / Tenório surpreende um pouco na classificação. Esta dupla aproveita os bons resultados dos portugueses em 2019 para começar o ano como semente número 8!

Atrás, é como nos homens, vários pares têm pouquíssimos pontos!

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !