Padel A inteligência nos dá estatísticas impressionantes da final masculina em Genova P2. Um deles por si só poderia explicar o enorme problema, ou mesmo o fracasso da dupla Coello/Tapia contra Chingotto/Galan.

Aqui não estamos falando Nevara.

Em oito partidas contra o Chingalan, o espanhol Arturo Coello tem uma taxa de sucesso esmagadora de 39,5%. Pior ainda, hoje, Coello só conseguiu um golpe das 9 tentativas, ou seja, apenas 11% de taxa de sucesso.

Levando em conta todas as outras partidas, num total de 41 jogos, a taxa de sucesso de Coello é em 58,6%.

coello-tapia-derrota

Para efeito de comparação, Galan conseguiu 9 golpes em 11 tentativas. Até Chingotto conseguiu a façanha de se sair melhor que Coello com 2 golpes bem-sucedidos em 4 tentativas.

Coello não pode fazer isso contra Chingotto/Galan. Além do jogo, Coello terá que encontrar as chaves certas para reequilibrar essas estatísticas contra Chingalan.

Concorda com esta análise?

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Club des Pyramides em 2009 na região de Paris. Desde a padel faz parte da vida dele. Você costuma vê-lo viajando pela França para cobrir grandes eventos em padel Francês.