Que recomenda o FFT para competições de padel de setembro de 2020, e em particular para P2000s que fazem parte do Plano de Apoio e Recuperação da FFT?

I - CONTEXTO:

A crise sanitária impôs à prática desportiva durante vários meses ajustamentos que, por força da frutuosa colaboração entre as autoridades governamentais e a Federação Francesa de Ténis, foram gradualmente se tornando mais flexíveis para o Padel desde 2 de junho de 2020.
Hoje, a prática de Padel é possível em qualquer lugar da França, ao ar livre ou em áreas semicobertas e cobertas, sem restrição (com exceção das áreas em estado de emergência sanitária - Guiana e Mayotte - onde o Padel não pode ser praticado em áreas cobertas).

Porém, por causa da persistência e do recrudescimento do vírus, devemos adaptar nosso comportamento para, a partir de agora, “viver” nosso esporte “com o vírus”.

Dois requisitos são impostos a nós:

1- Cumprimento obrigatório de gestos de barreira em todos os lugares e em todas as circunstâncias:
- Uso de máscara obrigatório para maiores de 11s em ambientes internos / externos, exceto durante atividade esportiva;
- Distância de 1 metro entre duas pessoas;
- Lavar as mãos regularmente com sabonete ou gel hidro-alcoólico;
- Proteção para nariz / boca em caso de tosse / espirro, se possível com a dobra do cotovelo;
- Uso de lenços descartáveis;
- Evite tocar no rosto, especialmente nos olhos, nariz e boca.

2- A limitação das situações de vida coletiva:
A cultura de Padel caracteriza-se em particular pela sua facilidade de utilização e pelas inúmeras interações que daí resultam. A pandemia que assola desde o início do ano, no entanto, nos obriga a modificar temporariamente nosso comportamento relacional. Assim, se a prática "esportiva" de Padel foi capaz de retomar normalmente, o convívio que está ligado a este esporte fora do campo deve agora estar sujeito a limitações. Recomendamos enfaticamente que você limite a sua presença nos clubes o máximo possível. Padel à prática rigorosa da sua atividade e a proibir situações de grande proximidade física (suspensórios, apertos de mão, abraços, "cheques" ...).
Com base nisso, este documento apresenta as recomendações da FFT sobre o reinício da competição dentro de clubes ou estruturas autorizadas a Padel.

II - PRINCÍPIOS DE IMPLEMENTAÇÃO:

A FFT continua a reiterar sua preocupação prioritária com a proteção de seus públicos e a luta contra a propagação do vírus. Portanto, sempre exige a vigilância, o senso de responsabilidade e civilidade dos gestores, voluntários não administrativos, professores profissionais, árbitros e todos os praticantes de clubes afiliados ou estruturas com poderes para continuar a implementação. coloque as seguintes recomendações:

A - Condições gerais de organização de locais e competições:

Clubes e estruturas autorizadas de Padel hospedar competições:
. Designe um referente COVID-19 responsável por garantir o cumprimento adequado das regras de saúde e do protocolo de organização do torneio. Pode ser a mesma pessoa que já foi designada pelo clube;
. Afixar no clube ou estrutura autorizada (ou no site do torneio) as regras de saúde, os gestos de barreira (cartazes da FFT, segundo as mesmas modalidades que os inscritos no protocolo de saída de reclusão dos clubes);
. Continuar a assegurar a limpeza diária das suas instalações e assegurar a desinfecção regular dos pontos de contacto;
. Manter a disponibilidade de produtos de proteção sanitária: gel hidroalcoólico na entrada do clube, detergente desinfetante, papel descartável e lixo no local;

Manter recomendação para favorecer a reserva de terreno online ou por telefone.
. Pode utilizar vestiários coletivos ou individuais obedecendo estritamente as seguintes normas de saúde: definição de gabarito de atendimento, uso de máscara (exceto chuveiros), distância de um metro, horário e lista nominativa de usuários, ventilação e limpeza / desinfecção regular. (recomendações do Conselho Superior de Saúde Pública [HCSP] de 3 de agosto de 2020);
. Certifique-se de que os fluxos de tráfego sejam organizados de forma que sigam as regras
de distanciamento;
. Recomendar ao Árbitro que planeje um programa mais leve por quadra de forma a deixar um tempo necessário entre cada partida para poder desinfetar os bancos, os postes e a teia da rede, e evitar que os jogadores se cruzem entre duas partidas;
. Pergunte aos jogadores:
 chegar ao clube ou estrutura autorizada no máximo 30 minutos antes do horário da primeira convocação;
 não se demorar no clube ou na estrutura autorizada após o término da última partida.

B - Condições sanitárias:

- Sintomas do covid19:
O praticante que apresenta sintomas (tosse, dificuldades respiratórias, febre, etc.) não vem para jogar. O organizador da competição garante que todos os participantes estejam bem informados sobre esta regra e convidados a respeitá-la estritamente.
- Gestos de barreira:
Para qualquer prática e em qualquer lugar, seu respeito deve ser assegurado.
Nas zonas verde e vermelha: o uso de máscara é obrigatório em todos os momentos fora dos campos, com uma distância de 1 metro em situação estática e 2 metros em dinâmica.
- Medição de temperatura:
A medição da temperatura não é recomendada pelo Conselho Superior de Saúde Pública em seu parecer de 28 de abril de 2020, como controle de acesso. Esta medida poderá, a critério do organizador, ser implementada se este decidir que é complementar e que dispõe de meios para a implementar em condições satisfatórias.
- Protocolo da bola:
Nenhum protocolo de marcador diferenciado. No entanto, o jogo ao ar livre deve ser interrompido em caso de chuva fraca ou garoa, mesmo que as condições de jogo sejam possíveis, para evitar jogar com bolas molhadas. Nos territórios em estado de emergência sanitária (Guiana, Mayotte) o protocolo de contato com balas, válido para a Fase 2, continua em vigor.
- Bons hábitos de todos:
 Organizadores:

. Garantir que as medidas sanitárias em vigor sejam aplicadas no âmbito da competição de Padel ;
. Exigir o uso de máscara em todos os momentos para qualquer pessoa presente no clube ou estrutura autorizada, fora da atividade física;
. Garantir que o uso de clubhouses, lojas Proshop e áreas de alimentação cumpram as regras locais de saúde e distanciamento aplicáveis ​​em toda a França;
. Garantir a limpeza regular de todas as áreas em contato com detergente desinfetante (vestiários, maçanetas, banheiros);
. Disponibilizar equipamentos sanitários (gel hidroalcoólico, produto detergente desinfetante, papel descartável e lixeira na entrada do canteiro e na entrada de cada canteiro);
. Definir o gabarito de freqüência do vestiário de acordo com a sua superfície, montar ficha horária com nomes de uso dos vestiários, solicitar que a distância de 1 metro seja respeitada e uso de máscara, limpar / desinfetar regularmente espaços;
. Certifique-se de que os jogadores cheguem em trajes competitivos;
. Exigir que os jogadores tragam seus próprios equipamentos (garrafa de água, toalha, gel hidroalcoólico, etc.) e os deixem na bolsa. Troca e empréstimo de equipamento não são permitidos;
. Proibir os jogadores de deixarem seus pertences (roupas, toalhas, etc.) para secar nas áreas comuns (vestiários, etc.);
. Em nível de campo:
 Providenciar uma distância de 2 metros entre bancos e / ou cadeiras;
 Exigir, antes e depois do jogo, que os jogadores respeitem as instruções de desinfecção das mãos e limpeza de equipamentos, bancos ou cadeiras, postes e rede;
 Organizar as mudanças de lado girando em cada lado da rede, no sentido horário;
 Proibir todo contato físico com seu parceiro ou oponentes (sem “xeques”);
 Proibir apertos de mão e sugerir acenar com a cabeça ou andar com sapatos de neve.
 Jogadores:
Os jogadores:
 Chegar em traje de competição;
 Traga e administre seus próprios equipamentos (garrafa de água, toalhas, gel hidroalcoólico para lavar as mãos antes e depois do jogo, etc.). Eles o deixam na bolsa e não deixam seus pertences secar nas áreas comuns. Não troque ou empreste seus equipamentos;
 Desinfectar a sua cadeira / banco antes e depois do jogo, por espírito cívico, com o objectivo de limpar o seu ambiente e o dos jogadores que os sucederão;
 Proibir qualquer abraço ou abraço, substituindo o “cheque” por um aceno de cabeça ou raquete;
 Use máscara em todos os lugares e circunstâncias, exceto durante atividades físicas.

 Não jogadores:
As pessoas presentes no clube:
 Deve permanecer vigilante em relação ao distanciamento físico e gestos de barreira em qualquer lugar e em todos os momentos;
 Use sempre uma máscara no recinto do clube ou estrutura autorizada.
 Jornalistas de mídia e imprensa:
 Os jornalistas devem respeitar as regras de distanciamento social, gestos de barreira e usar máscara em todos os momentos dentro do clube ou estrutura autorizada;
 As entrevistas devem ser preferidas ao ar livre e não devem exceder 10 minutos; dentro de casa, os critérios do medidor devem ser respeitados;
 Cada jornalista deve usar seu próprio material (sem empréstimo).

C - Regras de recepção pública e gestão de espaços coletivos:

Os organizadores devem garantir, antes de qualquer organização do torneio, que nenhuma decisão das autoridades públicas locais se oponha a ela. A obrigação de segurança e meios reforçados devem ser aplicados aos organizadores do torneio, assim como aos clubes ou estruturas autorizadas e seus dirigentes.
- Indicador e recepção pública:
Em todo o território da República, com exceção da Guiana e de Mayotte, as competições podem ocorrer na presença do público até um limite máximo de 5000 pessoas.
Em “estabelecimentos abertos ao público” (clubes, salão comunal alugado e mobiliado, etc.): declaração obrigatória na prefeitura de 1500 pessoas (jogadores, funcionários, equipes organizadoras e público incluídos) (art. R.331- 4 do Código do Esporte);
Os espectadores devem ter assento e, na zona vermelha, observar uma distância mínima de 1 assento entre cada pessoa ou grupo de menos de 10 pessoas que compareceram ou reservaram juntas. Na zona verde, a distância de 1 assento entre 2 pessoas já não se aplica, mas o uso de máscara e o respeito pelos gestos de barreira continuam obrigatórios.
A organização deve proibir o acesso aos espaços que permitam reagrupamento, a menos que sejam dispostos de forma a garantir uma distância física de 1 metro.
No seu parecer de 03 de agosto de 2020, o HCSP recomendou que o acolhimento da posição pública nos estabelecimentos que recebem a prática desportiva pública (ERP sport) para um evento desportivo, fosse possível de acordo com o respeito de determinadas medidas. Respeito duplo pelo uso de máscara e distanciamento físico de 1 metro, gerenciando o fluxo de pessoas, respeitando gestos de barreira, informação e comunicação ao público de medidas preventivas.
Face a estes elementos, as autarquias locais podem decidir sobre a implementação deste sistema de acolhimento de público permanente, de acordo com os pedidos que tenham recebido e o controlo da capacidade do organizador para fazer cumprir as medidas. recomendado no parecer do HCSP.
- Carona: as regras de distanciamento físico devem ser aplicadas à carona solidária. Antes e depois da utilização, o veículo utilizado deve ser limpo e desinfectado nas mesmas condições que as aplicáveis ​​às instalações.

O motorista deve manter distâncias de segurança dos passageiros e usar uma máscara para o público em geral.
Pessoas com 11 anos ou mais devem usar máscara.
- Bebidas, restaurantes, clubhouses: o seu atendimento é autorizado em ambientes internos e externos em estrita observância do protocolo sanitário de Hotéis-Cafés-Restaurantes: usar máscara em todas as circunstâncias, exceto quando estiver instalado para consumir, 1 metro no menos entre mesas / mesinhas de pé, limpeza de mesas entre cada serviço, evitando alimentos de uso coletivo (potes de mostarda, ketchup, etc.) e favorecendo porções individuais ...

D- Regras de utilização dos serviços de fisioterapia:

Se aplicável:
- Os tratamentos são marcados sempre que possível;
- Os jogadores devem tomar banho antes do tratamento;
- o consultório deve ter gel hidroalcoólico, papel descartável e lixeira;
- Os jogadores desinfetam as mãos com o gel hidro-alcoólico antes e após o tratamento;
- O uso de máscara é obrigatório para os competidores e o fisioterapeuta durante o tratamento;
- O fisioterapeuta deve desinfetar a mesa de tratamento e ventilar a sala após cada visita.

E- Regras aplicáveis ​​às reduções de preços:

As condições gerais de atribuição dos prémios devem obedecer às seguintes instruções:
- Todos os palestrantes e participantes devem usar máscara e manter-se a pelo menos 1 metro de distância das demais pessoas presentes;
- O troféu será limpo com um virucida antes da cerimônia de premiação;
- Também é solicitado não apertar as mãos, nem beijar ou abraçar;
- Para fotos, respeite também as distâncias sociais legais.

Protocolo Sanitário no Padel

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.

Identificações