Três jovens de 20 anos de Bordéus (Côme Legroux, Jules Pin e Paul-Marie Vouvou) arrecadaram 2000 euros para a associação. “A Boa Estrela”, graças aos seus torneios de caridade padel (Esmagar Padel Bordeaux).

Criado por iniciativa de Côme e Paul-Marie, amantes da padel, organizaram o seu primeiro torneio em benefício de uma associação em junho de 2023. “Nosso objetivo era conciliar a influência de um esporte como padel com compromisso social”, eles explicam.

Quebra Padel x A estrela da sorte

Eles então se perguntaram como combinar juventude, humanitarismo e tendência. A resposta era simples: desporto e, mais particularmente, padel. Para eles, é o esporte ideal: em ascensão, divertido e fácil de aprender, portanto acessível a um público amplo.

Depois de escolherem o desporto, surgiram o conceito: como incentivar os seus amigos, jovens como eles, a doarem dinheiro para uma associação? A solução foi um torneio beneficente de padel onde todos os fundos arrecadados através de inscrições seriam doados a uma associação. Para esta primeira edição conseguiram convencer 32 amigos e familiares a participar, arrecadando assim mais de 400€ em quatro horas. “O torneio não foi organizado da melhor forma, mas o importante para nós foi o dinheiro angariado para a associação”, eles dizem.

Quebra Padel x A estrela da sorte

Este sucesso inicial não teria sido possível sem o apoio do seu primeiro patrocinador, “Maison BMC” de Xavier Beaudru, que cobriu os custos organizacionais, e a confiança de Camille Benoist, responsável padel à “UCPA Sport Station Bordeaux”, que cedeu gratuitamente os campos de jogos padel à sua disposição.

No ano seguinte, sentindo a necessidade de estruturar o torneio e torná-lo um evento maior, Jules se juntou ao time. Juntos, criaram a associação “Smash Padel Bordeaux” (mesmo nome do torneio). Procuraram então datas em que os três estivessem disponíveis ao mesmo tempo em Bordéus para organizar as novas edições. “A grande dificuldade é que somos todos de Bordéus mas estudamos em três cidades diferentes (Bordéus, Lille e Madrid).”

Quebra Padel x A estrela da sorte

Um deles teve, portanto, a ideia de organizar três edições diferentes e independentes para arrecadar mais fundos e chegar ao maior número de pessoas possível. Por que três? “Três amigos, então três encontros, cada um cuidará de uma edição, e um encontro por mês porque nenhum de nós está disponível ao mesmo tempo por causa dos nossos estágios”. Decidiram fazer uma edição nos dias 25 de abril, 25 de maio e 17 de junho. No entanto, devido ao adiamento da primeira edição, Paul-Marie acabou por não conseguir assegurá-la, pelo que Lyore Abraham juntou-se a eles temporariamente para ajudar a coordenar as diferentes edições entre os três amigos. “Fui a única disponível nas três datas e já havia ajudado na primeira edição do ano anterior, além disso esse toque feminino incentivou mais meninas a participarem do torneio”, ela dirá.

Quebra Padel x A estrela da sorte

Graças ao sucesso do ano passado, a equipe “Smash” Padel” atraiu novos patrocinadores (CEA 33, Carnaval Café Bordeaux, CMSO Pro, Château Maucaillou e French Disorder) e manteve a confiança da UCPA. Os quatro jovens de Bordéus conseguiram desta vez arrecadar 2000 euros em benefício da associação “La Bonne Étoile”, fundada por Laeticia Hallyday e Hélène Darroze, que trabalha para populações deslocadas no Kivu do Norte, na República Democrática do Congo. “Sendo do vizinho Congo, foi muito importante para mim apoiar esta associação que trabalha nesta região assolada pela violência armada”, explica Paul-Marie.

Em qualquer caso, são claros: este dinheiro arrecadado é possível graças ao apoio dos participantes do torneio, patrocinadores e parceiros que trabalham para garantir o bom funcionamento do evento, e dos seus amigos que partilham esta iniciativa. “Gostaríamos de agradecer a todos que, direta ou indiretamente, participam deste projeto. Nos veremos em breve.