Os favoritos tiveram poucos problemas para começar esta manhã no APT Suécia Grande Mestre após as oitavas de final Padel Torre.

Se Vasco Pascoal e Miguel Oliveira não tremessem muito contra os cariocas Hjalmarson/Falkenström (6/4 6/2), os outros pares favoritos do décimo sexto foram menos eficazes.

Diante de Alex Ramillete e Jérôme Inzerillo, Yain Melgratti e Andres Britos foram surpreendidos no primeiro set, antes de passarem o segundo: 4/6 6/0 6/2. O francês ainda está satisfeito com esta partida contra uma das duplas mais fortes do circuito. Também pode ser que continue a aventura com o espanhol Ramillete.

Mesmo cenário para Federico Chiostri e Gonzalo Alfonso contra Facundo Dominguez e Marc Bernils. Incomodados com a perda do primeiro set, os números 1 rapidamente definiram o recorde, oferecendo-nos movimentos de alta classe como este Alfonso autônomo almofadado! Vitorioso 3/6 6/1 6/2, eles estarão lá para os oitavos de amanhã.

Depois de Jérôme Inzerillo, é outra Jogador da seleção francesa quem termina seu torneio. Na verdade, Max Moreau e Victor Saenz perderam para os internacionais brasileiros Lucas Da Cunha e João pedro flores. A dupla franco-espanhola teve um primeiro round muito sólido, conseguindo inclusive um set point. Por fim, os sul-americanos estreitaram o jogo para vencer por 7/6 6/2.

Coloque agora após as semicolcheias, a seguir logo abaixo, com em particular oJohansson e Björkman suecos enfrentando os argentinos Ferreyra / Gutiérrez, então o início do par 100% francês :

 

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !