Padel Magazine - Padel Magazine foi convidado para o Sanset Padel Indoor, no norte de Madri, para descobrir o maior clube de padel indoor do mundo, com outras quadras de paddle 32. JORGE TARODO, diretor do clube, nos permite entender melhor seu estado de espírito e como abordar o padel na Espanha, mas também de maneira mais geral. Uma entrevista muito interessante para acompanhar na íntegra e na versão francesa, através do seguinte link:

http://www.youtube.com/watch?v=xluerLhADd0&feature=youtu.be

Você também pode ler esta entrevista, graças à tradução de Frédéric Bertucat:

Padel Magazine (PM) - Você pode apresentar seu histórico e nos dizer por que esse clube de padel?

Jorge Tarodo (JT) - Meu nome é Jorge Tarodo, eu sou o gerente do clube indoor sanset padel, localizado ao norte de Madri. O clube está aberto há dois meses e meio e responde a uma iniciativa nossa. De fato, o clima que temos em Madri é úmido durante os meses do ano 6 e muito quente durante os meses do 4. Com outros jogadores de padel, decidimos desenvolver este clube de padel ideal. Percebemos que havia um grande interesse em fazer isso no norte de Madri, porque é a área mais esportiva de Madri, com bom poder de compra em comparação ao sul de Madri. Fizemos terrenos 32 onde a temperatura oscila entre os graus 8 e 28. Neste clube não há vento, nem chuva ou neve. Os jogadores sempre jogam sob as mesmas condições. Somente a velocidade da bola pode mudar de acordo com a temperatura. Mas quase 90% das pessoas que vêm jogar padel, a condição é a mesma. Os preços são os mesmos dos clubes ao ar livre.

PM: Quantos jogadores existem no Sanset?

JT: Com campo de padel e condicionamento físico, temos cerca de pessoas 1000 por dia. 300 para fitness e 700 para padel. Quero dizer pessoas 1000 por dia

PM: Seus membros vêm apenas para o padel?

JT: Para as duas coisas. Eles vêm para 75% para Padel e 25% para Ginásio. Todas as instalações que fizemos giram em torno do padel. Fizemos uma academia especializada em aeróbica, fitness, spinning, bicicleta, para reforçar o treinamento de padel.

PM: Existe atualmente um torneio de padel, quantos dias ele joga?

JT: Toda semana há cerca de torneios 3 por semana de padel, começando agora como os torneios da Federação de Madri com a publicidade que o rodeia. É um torneio nos dias 9 com cerca de pessoas inscritas no 1000, talvez o 800, mas com muita gente.

Depois, temos outros tipos de torneios que não são oficiais. Mas com classificações e classificações.

Torneios mais amigáveis.

PM: Sanset é aberto a todos? Quais são as tarifas?

JT: O clube é aberto a todos. Você pode comprar um ingresso a qualquer momento para jogar. Não queríamos um clube para os praticantes do 500.

Fazemos trocas com outros clubes espanhóis, como Barcelona, ​​acordos com instalações locais, como hotéis, e permitimos que os jogadores visitem e joguem padel, para fazer partidas por equipe. Temos bons preços. O padel amador representa 95% da prática na Espanha, porque é um esporte fácil e muito acessível.

PM: Para ter sucesso, o que o seu clube faz além de suas ofertas?

JT: O clube deseja oferecer o máximo de serviços e permitir que os jogadores permaneçam o dia todo no clube. Por exemplo, em casal, a mulher pode se exercitar enquanto o marido toca padel ou vice-versa. Há também um sistema de cuidados infantis, um centro de beleza, uma academia de ioga, velocidade, etc., é claro, as quadras de paddle 32 e um novo esporte argentino chamado backet que parece futebol / remo.

PM: Qual é a taxa do jogador para o seu clube?

JC: Temos um sistema de preços da 8 €, o terreno é 2 € por pessoa, mas o preço depende do horário. Temos um sistema de assinatura de 100 €. Oferecemos a ele 20 € em padel. Também temos acordos com empresas. Permite que os membros de suas empresas tenham taxas de desconto.

PM: Quais são os princípios básicos para administrar um clube de padel?

JT: O preço é fundamental, a condição climática do clube não é muito quente nem muito fria, por exemplo, em casa não temos ar condicionado, um clube bem insonorizado, uma boa política de preços, qualidade da terra é muito importante. Nesse ponto em que colocamos o preço, é a terra usada pelo WPT, inclusive a panorâmica. Os profissionais vêm treinar em nossas terras. Estes são exatamente os mesmos campos usados ​​pelo padel pro tour (PPT) ou pelo world padel tour (WPT). Realmente, a alma da terra era ter a melhor terra comprando-as, é claro, pelo preço certo.

PM: As mulheres têm um papel muito importante no seu clube de padel?

JT: O público feminino é realmente muito importante porque é o mais fiel. Ela ficará se se sentir bem socialmente no clube. É a alma do clube. Eles vêm principalmente com seus amigos. Além disso, eles sempre vêm ao 11h pela manhã, exatamente onde há menos pessoas no local.

Organizamos um sistema de classificação com dois sistemas que nos permitem jogar um com o outro.

PM: Se alguns franceses querem vir aqui para tocar ... Como fazemos?

JT: Na página da web, há uma guia "quieres juegar" (onde você quer jogar?) Onde você indica seu nível de jogo e, por exemplo, o horário em que deseja jogar. E esse sistema permite que você pesquise pessoas do seu nível na hora em que deseja jogar. Também temos um sistema de empréstimos comerciais quando chegamos atrasados, por exemplo, para que as pessoas possam jogar sem perder tempo.

Não praticamos esse esporte com fins lucrativos, mas pelo gosto do esporte e o maior número de pessoas pode jogar padel.

Franck Binisti e Frédéric Bertucat - Padel Magazine

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.