Os treinadores franceses Alexis Salles e Robin Haziza nos deram seu debriefing após o Vitórias francesas ontem em jogos pelas seleções nacionais.

Lembre-se que ontem, a França dominou Dinamarca 2/1 para homense Finlândia 3/0 nas senhoras.

Alexis Salles

“O ingresso na competição após 3 dias de preparação nos permitiu testar várias duplas e manter o espírito de equipe. Os jogadores estão em boa forma, sentem-se prontos e estávamos ansiosos para começar este campeonato.

eu decidi que coloque Adrien Maigret para descansar quem tem uma inflamação no cotovelo e deve ser poupado para ser eficiente durante toda a semana.

Primeira correspondência: Victory muito fácil 6/1 6/1 de Bastien Blanqué e Ben Tison fizeram um jogo muito sério colocando muita pressão sobre os adversários desde os primeiros jogos. Jogam muito bem juntos e ambos se complementam e se projetam muito rapidamente para a rede.

Segunda partida: Derrote 7/6 7/6 Desde os primeiros pontos da partida senti que Jérémy Scatena não tinha bons sentimentos e rapidamente percebi que o jogo não ia ser fácil! Contei com ele para acompanhar Thomas leygue que fez sua primeira partida decisiva com a seleção da França e no final as coisas não saíram como planejado ... Scat e Thomas lutaram muito, mas essa falta de confiança se fez sentir nos pontos importantes. Principalmente quando lideram 6/5 e 15/40 no serviço dos dinamarqueses e perdem 3 pontos de ajuste seguidos ...

Terceiro jogo: Vitória 7/5 6/3. Que ponto de partida para Jean-Thomas Peyrou que jogou sua primeira partida na EDF! Eu sabia que poderia contar com a experiência e a serenidade de Johan Bergeron que fez uma partida muito sólida e conseguiu elevar o nível de jogo em alguns momentos importantes da partida. E ele sempre soube encorajar JT mesmo em tempos difíceis.
Quanto a JT, não podemos dizer que ele jogou o seu melhor padel mas ele provou que pode contar com ele nos momentos decisivos. E no meio do 2º set ele conseguiu relaxar completamente e colocar muito mais intensidade nos golpes. Estou muito feliz por JT que vive plenamente sua paixão por este esporte e mostra que com muito sacrifício alcançamos grandes coisas! ”

Robin Haziza

“Depois de 3 dias de treinamento intensivo, aqui estamos nós na competição contra a Finlândia pelo primeiro confronto.

Primeira partida: Alix Collombon e Léa Godallier enfrentou um par muito mais fraco. Eram sérios, a ideia era juntar o máximo possível de chutes bons para ganhar ritmo variando as posições de cada um em campo, principalmente na volta. Vitória clara 6 / 0 6 / 0

Segunda reunião: contra um grande time finlandês, dois tenistas jovens e muito agressivos enfrentando Mai Vo e Amélie Detriviere quem acabou ganhando 7/6 ao terceirot salvando um match point de antologia. Uma partida onde fez calor, onde as meninas alternaram entre o bom e o ruim, mas conseguiram se manter juntas, aproveitando um final excepcional para a partida em maio. Uma grande vitória de fórceps que faz muito bem ao grupo.

Terceira partida: Marianne Vandaele e Charlotte Soubrie teve um jogo muito sólido vencido 6 / 3 6 / 0 sendo sério do início ao fim, estabelecendo seu próprio ritmo.

Bom primeiro dia, hoje estamos isentos, mas todas as meninas jogam o Open.
Vou acompanhar isso de perto para me preparar o melhor possível para o importante jogo de amanhã contra a Suécia, que tem uma grande equipe! ”

 

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !