Um fato um pouco incomum no Bordeaux P2, que alguns devem ter notado: Miguel Lamperti fez seu aquecimento com a raqueteAgustín Tapia. O número 1 mundial não esteve presente em Gironde mas é com um modelo AT10 e não ML10 que Miguelito começou. Para que ? Simplesmente porque uma decepção inusitada aconteceu com o argentino, que se viu sem bolsa poucos minutos antes da partida contra Bastien Blanqué e Dylan Guichard.

A culpa de Fernando Belasteguin, como nos foi dito Julen Fabas, coordenador dos boleiros, que teve uma experiência especial: “Na sala onde estão os jogadores, todos começaram a entrar em pânico então perguntei o que estava acontecendo... na verdade, Bela tinha saído com a bolsa de Lamperti, que acabou sem as raquetes..."

Obviamente, há um pânico geral porque ficar sem raquete alguns segundos antes da partida nunca é um bom presságio. É aqui que entra Julen: “Peguei minha bolsa, com minha raquete. Então eu disse a Belluati que tinha Nox. Então fugimos para pegar minha raquete, que é o de Tapia. Então ele aqueceu com a minha e no final do aquecimento ele pegou a bolsa dele”.

Obviamente, não estamos longe da catástrofe para o baiano Blanca que teve a sorte de se deparar com a raquete de Julen.

De qualquer forma, a aventura continua para Miguel Lamperti que disputará hoje a segunda rodada, com Juan Cruz Belluati, no Bordeaux P2. Os veteranos do circuito enfrentam nesta quinta-feira os 3 cabeças-de-chave: Momo González e Alex Ruiz.

Gwenaelle Souyri

Foi seu irmão quem um dia lhe disse para acompanhá-lo em uma pista. padel, desde então, Gwenaëlle nunca mais saiu da quadra. Exceto quando se trata de assistir à transmissão de Padel Magazine, World Padel Tour… ou Premier Padel…ou o Campeonato Francês. Resumindo, ela é fã desse esporte.