Pelo terceiro ano consecutivo, o Monte-Carlo International Sport organiza a "Fabrice Pastor Cup", o circuito de padel da América do Sul em três países: Chile, Argentina e Brasil.

Além de continuar a apoiar o desenvolvimento de padel internacionalmente, a Copa Fabrice Paster permitirá que alguns jogadores participem, como no ano passado, no Master of the World Padel Tour: o Monte Carlo Padel Master.

O jogador e empresário de Mônaco Fabrice Pastor está organizando três torneios na América do Sul, onde estarão presentes os melhores jogadores do mundo para a "Rodada Final", as famosas etapas finais do circuito.

Um circuito abandonado

Os três torneios serão realizados este ano apenas na categoria masculina. Os julgamentos das mulheres não serão realizados. Observe que a Fabrice Pastor Cup havia se esforçado nos anos anteriores, infelizmente o custo seria muito importante em comparação com "o retorno do público". Os eventos femininos podem ser destacados, especialmente no Monte Carlo Padel Master, o padel pode ser um esporte misto, a competição feminina é difícil de enfrentar e um mal que excede o quadro da Copa Fabrice Padel.

A competição começa no Chile

A turnê começará na capital chilena, Santiago, do 20 ao fevereiro 26 no Club Palestino.

Na semana seguinte, de 1er a 5 de março, será realizado o segundo torneio em território argentino no Racket Club Club, um complexo esportivo histórico em Buenos Aires. Este evento também contará com o circuito argentino (AJPP) da Associação de Padel da Argentina.

O último torneio será realizado na cidade de Porto Alegre (Brasil) no fim de semana da 16, na marcha da 19. Ele também fará parte do calendário local brasileiro, a Cobrapa (Confederação Brasileira de Padel); o evento será realizado no clube PadelPro.

Preços: Uma etapa WPT + Transport

Como nos anos anteriores, os pares vencedores também receberão prêmios e prêmios em dinheiro, a oportunidade de participar de uma etapa do circuito profissional com o custo de transporte, acomodação e refeições pagas.

Lembramos que, no ano passado, no Monte Carlo Padel Master, o jovem time argentino Chingotto / Tello quase criou a enorme surpresa ao jogar contra os números mundiais 2 de Paquito / Sanyo.

O objetivo da sociedade monegasca é incentivar jovens pares de outros países a ingressarem no circuito profissional de padel (The World Padel Tour). Também permitiu que o jogador brasileiro Lucas Campagnolo (que jogará este ano com Martin Di Nenno), ou o chileno Javier Valdés, jogue esta temporada no circuito profissional.

Exposição com os melhores

Como parte do torneio em Buenos Aires, será realizada uma "Rodada Final". No sábado 4 e no domingo 5 de março, os melhores jogadores do circuito profissional participarão de um torneio de exibição.

Posteriormente, vários jogadores da delegação de Esportes Internacionais de Monte-Carlo viajarão para a Espanha para competir no XXXIII Campeonato Espanhol de Equipas com a recém-formada equipe Monte Carlo-Entrena Padel.

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.