Tanto na competição masculina quanto na feminina, a França teve um desempenho quase perfeito ao chegar às meias-finais do Campeonato Europeu de Padel 2017 no Estoril.

Francês completo e eficaz

As damas mostraram o caminho a seguir com uma vitória sobre um bom time sueco. Mas a França era claramente a melhor porque tinha jogadores mais completos em campo.

Na primeira partida, Alix Collombon e Jessica Ginier não fazem um quarto para vencer a partida em dois sets. Então Elodie Damiano e Léa Godallier tentam trazer o assunto de volta para casa. Mas ele cairá na melhor equipe sueca e nosso francês diminuirá logicamente.

Laura Clergue e Audrey Casanova tiveram que trazer de volta esse ponto decisivo. E eles fizeram isso de uma maneira muito convincente contra muito bons suecos.

Nas semifinais, ele vai tentar o português formidável. A França é de fora, mas não é tão longe assim. Diante dos portugueses, a França pode sonhar! A sua semifinal será no Estoril Tennis Club Central, no 13H30.

Francês imperial

Chez les messieurs, la France était opposée à la Belgique. Des nations qui se connaissent parfaitement puisqu’elles se jouent tous les ans dans des événements internationaux. Pour ouvrir le bal,  la paire Blanqué / Bergeron hérite de la paire belge Montoisy / Rochus. Un match explosif entre des joueurs qui se connaissent bien. Le match commence tendu et le restera jusqu’au dernier point. Mais au final, Blanqué / Bergon réussit un super finish et l’emporte en 3 sets.

Por trás da dupla, Moreau / Haziza faz o trabalho e rapidamente vence em dois sets sua partida contra a belga muito justa.

Finalmente, no jogo 3e, portanto, sem apostas, o Scatena / Ritz passa.

Amanhã, a França jogará contra a Espanha, título de vice-campeão mundial de padel, favorito por grandissime da competição. Por experiência e glória, a França jogará contra os espanhóis no clube central 13H30 também.

Franck Binisti - Padel Magazine
Crédito da foto: @Fernando Corretja - Padel Smash
Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.