Padel Magazine - Padel da equipe campeã mundial da Argentina!

Todo mundo viu a Argentina vencer e os prognósticos estavam certos. A Espanha parecia um pouco mais fraca que essa equipe argentina muito completa.

Na fase da piscina, a equipe argentina havia dominado logicamente os debates por não perder nenhum set. A Argentina deixou apenas alguns jogos para as equipes adversárias.

Note, no entanto, uma corajosa equipe italiana que conseguiu tirar galinhas 2e na frente de Portugal e principalmente da Alemanha, que parecia um pouco tecnicamente à frente.

No Grupo B, os holandeses terminaram em último lugar, atrás da Espanha e do Brasil, é claro, mas também atrás dos americanos.

No Grupo C, foram os belgas que perderam por pouco a galinha com, em particular, jogos muito próximos contra o México. Laurent Montoisy e Gerald Moretti perderam para os oportunistas mexicanos (6 / 7 6 / 7). Nicolas Pierre Sinia e Jérémy Gala também perderam a vitória ao vencer o set 1er (6 / 4 2 / 6 1 / 6). O par Christophe Rochus / Alec PaulWitmer não pôde fazer nada.

No Grupo D, a Suécia não perdeu o 2e fora do grupo contra o Uruguai. Os suíços ficaram em último lugar na piscina. (O 1ère chileno)

De um modo mais geral, se as equipes de língua espanhola ainda estão muito à frente de outros países, os observadores veem um desenvolvimento acentuado do padel em todos os outros países. A concorrência provavelmente será muito maior nos próximos anos.

Franck Binisti - Padel Magazine

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.