Le padel O masculino é atualmente dominado por um estilo de jogo poderoso e explosivo, diminuindo a importância de fases de jogo criteriosas e táticas. As corridas de caos (KO?) tornaram-se a norma, com o objetivo de acertar relâmpagos sempre que possível.

Cada vez mais jogadores atléticos

Sou céptico relativamente a esta tendência, porque tenho a impressão de que o padel perde sua essência e profundidade quando é reduzido a uma série de golpes avassaladores. Eu preferiria um padel que valoriza a variedade de traços, a criatividade e a reflexão, ao invés da simples força bruta.

Pablo-Cardona-quebra-canhoto-bullpadel

Seria uma pena se o padel perde sua identidade e se torna um esporte unidimensional dominado por golpes poderosos. Hoje em dia, nos vários circuitos profissionais, o menor erro é imediatamente punido, deixando pouco espaço para estratégia e delicadeza. É claro que o jogo violento e agressivo sempre foi um componente do padel, mas agora parece dominar entre os homens, relegando outros aspectos do jogo para segundo plano.

A crescente capacidade atlética dos jogadores em busca de potência, o surgimento de estratégias para pontos mais rápidos e os avanços tecnológicos das palas contribuem para acentuar esta tendência. Além disso, a questão do nível de pressão balles desempenha um papel importante nesta dinâmica. O uso de balas ultrapressurizadas padel privilegia golpes poderosos e espetaculares, característicos de um estilo de jogo apreciado pelos espectadores, mas que suscita polêmica.

Era melhor antes?

Le padel profissional masculino tem sofrido uma evolução notável nos últimos anos, com uma importância cada vez maior dada às qualidades físicas dos atletas e aos golpes devastadores

Apesar do progresso feito pelos jogadores na proteção da sua zona, eles permanecem impotentes contra golpes poderosos lançados de qualquer parte da quadra. Na verdade, embora os defensores demonstrem reflexos sobre-humanos, uma capacidade de se moverem rapidamente e de começarem de forma surpreendente, estas qualidades já não são suficientes para combater esmagadores dotados de um poder fenomenal. Mesmo quando os golpes são iniciados do fundo da quadra, esses “malabares” conseguem finalizar o ponto golpeando com força hercúlea o vidro adversário, a bola percorrendo uma trajetória que desenha uma curva ascendente mortal enquanto supera os adversários para cair no a outra metade do campo (como exploraremos num artigo posterior, o par 3 já não é tão gratificante como costumava ser).

Devo dizer-vos que tenho mais prazer em assistir a um jogo feminino, imbuído de elegância, fluidez e tecnicidade, por vezes até tingido de uma certa robustez, do que um duelo de artilheiros onde os relâmpagos são quase sempre o único tiro decisivo para finalizar os pontos .

Gonzalez e Brea Sevilha

Reduzir a pressão da bala?

Alguns entusiastas padel apelam a inovações no design da bola, na esperança de melhorar ainda mais a experiência de jogo e de se adaptar melhor a diferentes superfícies e condições de jogo. Partilho esta opinião e acredito que o. padel O moderno não está mais em sintonia com a atual pressurização das bolas, o que empurra os jogadores profissionais para estratégias cada vez mais focadas no ultra-ofensivo. Embora isso possa ser espetacular, torna o jogo menos envolvente e promove uma abordagem estereotipada que limita a criatividade e a diversidade nos estilos de jogo.

Tubos de bala padel Pensando em 2024

No entanto, é um desporto que se caracteriza pela sua riqueza técnica e variedade de remates, sendo importante preservar estas características para garantir o futuro e a popularidade da modalidade. padel.

Duas filosofias se chocam

  1. Le padel "saltando"
  • Favorece o poder e o espetáculo.
  • Mantenha a alta pressurização das balas atuais.
  • Curvando-se às emissoras de televisão para que as partidas não durem muito...
  1. Le padel "técnico":
  • Promova controle e variedade de fotos.
  • Reduza a pressão da bola para “tentar complicar” a tarefa dos grandes rebatedores do circuito.
  • Privilegiar um jogo longo e polido, promovendo a capacidade técnica dos jogadores.

Concluindo, o debate sobre a evolução das balas está longe de estar resolvido e parece necessário encontrar um equilíbrio entre poder e tática no padel moderno. Hoje, a principal tendência é o golpe arremessado, que literalmente impulsiona a bola para a órbita e torna inútil qualquer tentativa de recuperação devido à alta trajetória.

Un padel mais ponderado e variado, onde a delicadeza e a estratégia têm o seu lugar, seria mais atraente e mais rico tanto para jogadores como para espectadores. Na verdade, alguns críticos denunciam um jogo menos técnico e mais focado na força bruta. É importante que os fabricantes de bolas e os órgãos reguladores do desporto trabalhem em conjunto para encontrar uma solução que satisfaça as necessidades de todos e garanta o futuro do desporto. padel.

Stéphane Penso

Fã de padel, Stéphane tornou-se o testador oficial do planeta padel na Europa. Tudo passa por suas mãos experientes. Graças à sua vasta experiência no mundo da caminhada na neve, ele é capaz de escanear seu equipamento da cabeça aos pés!