Vamos falar hoje sobre aquecendo padel. Depois de passar uma semana com os melhores jogadores do mundo em Marbella, pareceu interessante abordar o assunto.

Paquito Navarro, Juan Martin Díaz, Coki Nieto, Marta Ortega ou Ari Sánchez, para citar alguns. Todos estes jogadores regalaram-nos durante esta semana do Campeonato da Europa em Marbella.

Além de serem muito bons em pista, são também muito “profissionais” durante a fase de aquecimento.

E para nós, Marta Ortega é certamente a jogadora mais rigorosa com a preparação do corpo.

Em primeiro lugar, é importante conhecer o seu corpo, fazendo movimentos idênticos antes das partidas. Os golpes de bola, as mudanças de direção, as retomadas de apoio, tudo isso em velocidade lenta, e você aprenderá a se posicionar de acordo com cada situação. Esse processo é lento, mas permitirá que você seja eficiente em cada movimento realizado.

Aumento da temperatura

Este é o objetivo do aquecimento. Deixe seu corpo na temperatura certa para um jogo ou treinamento.

Pegue isso aos poucos. As articulações da parte inferior do corpo sobem até o pescoço. Essa rotina permitirá detectar uma tensão, uma contratura, que você pode fazer desaparecer ou atenuar para evitar uma possível lesão.

Em seguida, comece correndo e realizando movimentos mais amplos com as pernas, com equilíbrios frontal e lateral, e os braços com os ombros.

Muitos jogadores usam elásticos. É um material eficaz que permite, em um pequeno espaço, preparar o corpo para o esforço.

A situação de jogo

Esta é a última etapa do aquecimento antes de pegar o pala.

Faça as viagens que terá de fazer sem material. Golpes para frente e para trás, movimentos laterais, rotações, voleios, bandejas… Tudo isso em velocidade regular no início e depois em alta velocidade. Esses movimentos também permitirão que você controle melhor sua técnica e, principalmente, aprenda a posicionar seu corpo.

Finalmente, pegue o pala e faça os mesmos movimentos. Este será o ponto final antes de bater na bola.

Aquecimento com bola

Com seu parceiro ou um parceiro de treino, aqueça fazendo escalas. Forehand contra forehand, backhand-backhand, saídas de janela, voleios, bandejas… todos aqueles tiros que você acabou de aquecer “vazios” e que você vai conseguir durante a partida. Comece devagar e depois acelere as pernas para terminar em velocidade máxima.

No caminho certo

É isso aí, você é gostosa! Seu corpo está pronto para o esforço. Estes 5 minutos para conhecer os adversários não são uma prova de força para mostrar quem será o mais forte, nem um momento no qual poderá contar para um aquecimento perfeito.

É apenas orientar-se pela pista, pelos adversários, pelas bolas e pelas condições meteorológicas.

Conclusão

Sabemos que este tipo de aquecimento não é fácil e às vezes a gente não quer… Mas você acha que profissionais como a Marta Ortega fazem esse tipo de aquecimento toda vez, e isso várias vezes a dia, se necessário.

Um bom aquecimento aliado a um estilo de vida bem cuidado, não seria a chave para o sucesso?

Julien Bondia é professor de padel em Tenerife. Ele é o fundador da AvantagePadel.net, um software muito popular entre clubes e jogadores de padel. Colunista e conselheiro, ele ajuda você a jogar melhor com seus diversos tutoriais padel.