Momo Gonzalez vem ao nosso microfone após a vitória com Alex Ruiz nas quartas de final da Betclic Premier Padel Bordéus P2.

Vitória contra Benitez/Cepero (6/4 4/6 2/1 abandono)

“Não tivemos, digamos, o nosso melhor jogo se compararmos com os encontros anteriores. Acho que tivemos um pouco de pressão, porque já estávamos perdendo nas quartas há algum tempo, sempre estivemos perto, mas não conseguimos. Afinal, não é assim que gostaríamos de lidar com a lesão do Miguel, que é um grande amigo. Espero que não seja muito sério e que ele possa jogar na próxima semana em Roma.”

“Da nossa parte acho que estamos jogando muito bem. No início do terceiro set estávamos novamente em um nível muito bom, havíamos feito o intervalo, então estou feliz com o nosso nível e espero que continuemos amanhã.

A pressão de ser o terceiro colocado em Bordeaux?

“Somos a dupla número 3 então tem duplas que são mais favoritas que nós (risos). Um deles já perdeu mas o seed 1 ainda está lá (Bela/Tello). Então não, acho que a pressão era mais para conseguir a classificação para a semifinal. Mas agora acho que não há mais pressão, estávamos muito confortáveis ​​desde o primeiro jogo, jogamos, gostamos e acho que isso fica evidente em campo porque jogamos em um nível bastante alto!

Separação de Chingotto

“No final, estamos habituados, sabemos que podemos iniciar um projeto mas que pode parar a qualquer momento. No final das contas é normal, Fede recebeu uma oferta de um número 1 como Galan, é impossível dizer não a ele. É sempre um momento difícil, porque nunca gostamos de ser dispensados ​​por um parceiro, mesmo quando faz sentido. Então, iniciamos esse projeto com o Alex e vamos melhorando aos poucos. Os primeiros torneios talvez não tenham sido os melhores, mas aos poucos estamos nos recuperando.”

Versão 2.0 de Ruiz / Gonzalez

“Acho que ambos melhoramos, amadurecemos sozinhos e acho que agora estamos melhores tanto individualmente como em dupla. Também progredimos a nível mental, em todos os aspectos. Somos uma dupla mais completa e acho que ainda não atingimos o máximo que podemos fazer, estamos cada vez mais próximos e espero que possamos ser muito melhores do que somos atualmente.”

“Fede e eu estávamos nos separando, Alex e Tello estavam nos separando, nós dois conversamos, primeiro por telefone e depois pessoalmente. Ele queria jogar comigo, eu queria jogar com ele, éramos cada um a melhor opção para o outro, discutimos nossos objetivos, essa nova experiência juntos. Estou muito feliz com o andamento das coisas.”

Quando será lançado o primeiro título de Momo Gonzalez?

“Joguei cinco finais, ganhei torneios de categorias inferiores (WPT Challenger e Open 500), ainda estou aqui, mas podemos ver que é muito difícil ganhar títulos, não há todos os anos apenas três ou quatro duplas ganhas. . O título é algo muito difícil de conquistar mas nunca estou muito longe, sempre fiz semifinais, finais, não tenho do que me culpar, acho que estou jogando bem, continuo lutando, e ainda sou jovem e acho que um dia isso acontecerá.”

“No momento é apenas o primeiro P2 sem o Top 4, os outros foram tão duros quanto um P1 ou um Major. Aí se vencermos o torneio ficarei muito feliz, mas para ser sincero, quero ganhar um torneio onde estejam os melhores e vencê-los.

E o Genova P2?

“No momento não sabemos, tudo depende do calendário. É um calendário com muitos torneios, Génova acontece pouco antes de Málaga, que é um torneio que estou ansioso, por isso não sabemos. Vai depender do que queremos fazer para nos prepararmos para o Málaga, de como terminarmos este torneio… Não posso dizer nada ainda porque a preparação para os torneios é muito importante.”

O vídeo na íntegra:

https://youtu.be/C4WYduqgpzs

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !