Franco Stupaczuk acaba de anunciar no Instagram o que já sabemos há várias horas: os Superpibes se separam.

Depois de um ano de 2023 em que mostraram grande consistência e se afirmaram como número 2, atrás de Coello e Tapia, Di Nenno e Stupaczuk esperavam poder continuar a sua dinâmica este ano. Mas, infelizmente para eles, com apenas uma final em 2024, os Superpibes não conseguem desempenhar os papéis principais. Com oito semifinais, Martin e Franco continuam, é claro, como jogadores de ponta, mas lutam para competir com as duas duplas que atualmente dominam o padel mundo: Coello / Tapia e Galan / Chingotto.

Neste contexto, entendemos que Martin Di Nenno queria apostar em outro jogador (provavelmente Juan LeBron) para tentar lutar novamente pelo primeiro lugar. Obviamente, Stupa não o culpa: “Respeito totalmente a sua decisão, “Tincho”, e desejo-lhe o melhor”.

Em breve deveremos saber o nome do futuro sócio de Franco Stupaczuk. Quem você acha que é?

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !