Paquito Navarro: “A França nos colocou em dificuldades”

Presente durante Campeonato Europeu em Marbella com a seleção espanhola, a lendária Paquito Navarro fala-nos sobre a evolução dos jogadores franceses e o seu papel na “Roja”. Entrevista com quem vai hoje às semifinais com a Espanha e na Final aberta amanhã.

O nível crescente de seleções

Padel Magazine : Vimos encontros bastante próximos na fase de grupos entre França e Espanha. O nível dos jogadores franceses mudou nos últimos anos?

Paquito Navarro:“Sim, totalmente. A França sempre deixa mais jogadores. E não só na França! Percebemos isso porque os países sempre trazem mais jogadores do país, não argentinos ou espanhóis nacionalizados. Eu acho que isso mostra que o padel cresce e cresce muito. O nível de hoje não tem nada a ver com o nível de alguns anos atrás. ”

Padel Magazine : Você é um dos jogadores mais experientes da seleção espanhola, sente-se um líder?

Paquito Navarro:“Há também Juan Martin Diaz, que é uma referência para todos nós. Gosto de formar uma equipe, e não necessariamente ter um líder. Que somos um. Rimos muito, ainda estamos juntos, então estou muito feliz por representar meu país e ser mais um nesta equipe. ”

“A França nos colocou em dificuldades”

Padel Magazine : Depois de vários anos, o Campeonato Europeu está de volta à Espanha. Você sente o apoio?

Paquito Navarro:“Sim, claro, mas pelos motivos da pandemia, não é todo o público que gostaríamos, que as arquibancadas estão lotadas. Mas é verdade que recebemos muitas mensagens, e sentimos esse apoio com as redes sociais. Aqueles que vêm nos fazem sentir o calor. Estou muito feliz que este Campeonato Europeu esteja sendo disputado aqui em Marbella. ”

Padel Magazine : Você é o time ultra-favorito deste torneio. Você sente a pressão de vencer?

Paquito Navarro:“O nível é sempre mais equilibrado. A França nos colocou em dificuldades. Não nos escondemos, sabemos que no papel somos favoritos, mas também sabemos que se não estivermos à altura, as outras seleções podem nos prejudicar. Tomamos isso como motivação e não como pressão, e esperamos estar nas rodadas finais e vencer o torneio. Boa sorte para a França! ”

La France vai encontrar novamente Espanha nesses Campeonato Europeu, desta vez nas semifinais a partir das 18h.

Publicado por
Lorenzo Lecci Lopez