Os grandes nomes do circuito deixaram pouco espaço para surpresas durante as quartas de final do P2 de ontem em Assunção, tanto masculino quanto feminino. As quatro melhores duplas da tabela se classificaram para as semifinais, como em Sevilha.

Remake da final na Andaluzia

Foram os Superpibes que abriram a bola ontem no Paraguai. Franco Stupaczuk et Martin Di Nenno enfrentou Lucas Campagnolo et Javier Leal na quadra 3. Os argentinos foram muito eficientes, aproveitando os únicos dois break points à sua disposição em cada set. Seus adversários não conseguiram aproveitar o serviço de Stupa e Di Nenno que venceram por 6/4 – 6/3 em 1h22.

Foi exatamente o oposto para Ale Galan et Fede Chingotto para quem o índice de eficiência foi muito menos cuidadoso (4/11 no break point). Interrompido no primeiro set por Momo González et Alejandro Ruiz, a dupla “Chingalana” contou com as inúmeras oportunidades que os espanhóis lhes ofereceram na sua jogada e Chingotto venceu por 6/4 – 6/2 em 1h36 e enfrentará os Superpibes na semifinal,. uma revanche da final em Sevilha.

Lebron/Navarro desafiarão os chefes

Do outro lado da imagem, Arturo Coello et Agustin Tapia cruzou espadas com adversários conhecidos: mike yanguas et Javi Garrido. Os espanhóis ainda estão a caminho do número um do mundo, pelo terceiro torneio consecutivo, depois de Bruxelas e Sevilha. E pela quarta vez nesta temporada em quatro confrontos, Coello e Tapia dominaram os debates graças à força de ataque. Eles embolsaram a vitória com um placar de 6/4 – 6/4 sem perder o comprometimento.

Enfin, John Lebron et Paquito Navarro fecharam o dia em Assunção obtendo o ingresso para as últimas quatro. Por ocasião das primeiras quartas de final da dupla Bella/Tello, Os espanhóis mostraram-se implacáveis ​​ao não deixar o menor raio de esperança aos argentinos. Lebron e Navarro não sofreram nenhum break point e venceram com facilidade: 6/4 – 6/2 em 1h20. Eles agora se encontram com Coello/Tapia pela primeira vez nesta temporada, em um confronto direto que cheira a pólvora.

Novo confronto entre Josemaria/Sanchez e Triay/Fernandez

Assim como no sorteio masculino, as favoritas mantiveram sua vaga no lado feminino nas quartas-de-final. Ari Sanchez et Paula josemaria pôr fim à bela jornada deAraceli Martinez et Marina Guinart, molecas de Goenaga/Osoro na primeira rodada. Os números um do mundo não ficaram ontem na quadra central, vencendo por 6/3 – 6/4 em 1h09.

Tal como em Bruxelas e Sevilha, Sánchez e Josemaría terão de enfrentar Triama Gemma et Cláudia Fernández. Os espanhóis tiveram que lutar contra Sainz/Llaguno, principalmente no primeiro turno onde só encontraram a solução no final do suspense do jogo decisivo. Triay e Fernandez precisaram de 2h21 de jogo para eliminar os compatriotas: 7/6(6) – 6/4. Eles agora tentarão se vingar no Paraguai depois sua derrota na Andaluzia.

Brea e Gonzalez ficaram gostosos

Sagrado em Puerto Cabello, Bruxelas e Sevilha, Delfi Brea et Bea Gonzalez quase saiu nas quartas de final. Oposto a Virginia Riera et Sofia Araujo, os dois jogadores embarcaram em um insuportável terceiro set e tie-break. Apesar do primeiro match point desperdiçado em 6/5, Brea e Gonzalez cerraram os dentes para assinar a 18ª vitória consecutiva: 6/1 – 1/6 – 7/6(5).

finalmente, Marta Ortega et Veronica Virseda jogará sua primeira semifinal no circuito desde o Qatar Major. As espanholas não perderam a chance de chegar às semifinais dominando os cadetes Claudia jensen et Jéssica Castillo 6/4 – 7/5 após grande luta física de 2h12.

Ortega e Virseda tentarão derrubar o time invencível desde o final de março, Brea/Gonzalez. As duas duplas abrirão as semifinais hoje às 20h, horário da França, para acompanhar ao vivo cadeia Premier Padel.

Martin Schmuda

Um jogador de tênis competitivo, Martin descobriu o padel em 2015 na Alsácia e participou de alguns torneios em Paris. Hoje jornalista, ele lida com as notícias padel enquanto continua sua ascensão no mundo da bolinha amarela!