Após o remake de Sanchez/Joesmaria e Triay/Fernandez, a segunda semifinal feminina do P2 de Sevilha também terá um ar de déjà vu. Ícardo/Salazar et Brea/González ambos conseguiram a passagem para as semifinais e se enfrentarão novamente, uma semana depois de Bruxelas.

As espanholas tiveram dificuldades

Ale Salazar et Tamara Icardo foi à quadra 2 no início da tarde para enfrentar os jovens Claudia jensen et Jessica castello. Os espanhóis começaram melhor ao fazer o break de entrada, intervalo que mantiveram até o final do primeiro set: 6/4.

Os campeões Acapulco P1 esperaram até o meio do segundo turno para acelerar o ritmo e empatar no intervalo duplo: 2/6. Porém, o último ato foi um copiar e colar do primeiro: um intervalo de entrada que Icardo e Salazar manterão para concluir após 2h30 de jogo: 6/4 – 2/6 – 6/4.

Brea e Gonzalez como chefes

No início da noite, Delfi Brea et Bea Gonzalez lutou para chegar às quartas de final. Oposto a Virginia Riera et Sofia Araujo, o segundo colocado da tabela cometeu muitos erros e caiu rapidamente 1/3. Gonzalez então se mostrou mais agressiva e as duas jogadoras inverteram a tendência, avançando no placar e encerrando o primeiro set com placar de seis games a quatro.

Riera e Araujo aguentaram até dois games ao longo do segundo set, antes de ficarem sem soluções para finalizar os pontos. Brea e Gonzalez aumentaram a marcha e não distribuíam mais pontos grátis. Eles venceram por 6/4 – 6/2 e continuaram a invencibilidade com a 13ª vitória consecutiva.

Tamara Icardo e Ale Salazar terão assim a oportunidade de se vingar de Delfi Brea e Bea Gonzalez na semifinal amanhã às 16h na quadra central de La Cartuja.

Martin Schmuda

Um jogador de tênis competitivo, Martin descobriu o padel em 2015 na Alsácia e participou de alguns torneios em Paris. Hoje jornalista, ele lida com as notícias padel enquanto continua sua ascensão no mundo da bolinha amarela!