Agora é oficial, Martin Di Nenno e Franco Stupaczuk estão se separando. Os argentinos disputarão seu último torneio juntos em Málaga.

Lebron / Di Nenno, Yanguas / Stupa…

De momento nada foi confirmado pelos jogadores mas tudo sugere que Martin continuará com Juan LeBron, enquanto Stupa recorrerá a Miguel Yanguas. Logicamente, as duplas Navarro / Lebron e Yanguas / Garrido vivem, portanto, os seus últimos momentos.

Então nos perguntamos com quem Javi e Paquito vão jogar depois do P1 em Málaga. Dada a sua última experiência na direita, Navarro deve permanecer na esquerda e, como Garrido é um dos jogadores mais poderosos do circuito, também não deve mover-se para a direita. Portanto, parece impossível ver esses dois do mesmo lado da pista.

Quem com Paquito? Quem com Garrido?

Entre as opções que poderiam ser oferecidas aos dois homens, encontramos um certo Pablo Cardona. O canhoto, apesar do 32º lugar, é um jogador muito atraente, principalmente pelos 90 metros de altura, pela juventude e pela capacidade de somar pontos com seu golpe devastador. Finalmente abandonado por Stupa que teria preferido Yanguas, Pablo poderia fazer felizes Paquito ou Garrido. De qualquer forma, parece que seus dias ao lado do veterano Javi Ruiz estão contados.

Vitória de Pablo Cardona e Javier Ruiz

Jon Sanz também é um jogador que pode servir bem aos dois andaluzes. Canhoto, agressivo e talentoso, mostra coisas interessantes com Coki Nieto mas ainda não é suficiente para dar mais um passo em frente. Será que o navarro correrá o risco de romper uma dupla que funciona muito bem para encontrar o seu ex-parceiro Javi ou tentar a aventura com o ex-número 1 Paquito?

Alex Ruiz também poderia complementar um dos dois homens, mas ainda poderá se separar de seu amigo Momo Gonzalez, que acabou de encontrar?

O jovem Edu Alonso também poderia ter se beneficiado com essas mudanças, mas acaba de iniciar um novo projeto com Alex Chozas. Ele já pode deixar o argentino?

A mudança de Lebron para a esquerda semeia discórdia

Obviamente, em caso de separação entre Coki e Jon (ou Momo e Alex), Coki ou Momo procurarão um novo parceiro, tal como Javi Ruiz se Cardona decidir voltar-se para Navarro ou Garrido. E aqui novamente, são dois jogadores da esquerda que vão procurar um companheiro da direita.

Você entendeu, se Lebron realmente mudar de lado para jogar com Di Nenno (no momento em que escrevo estas linhas, a probabilidade de isso acontecer é muito, muito alta), um jogador da esquerda será forçado a passar para a direita. . Javi Ruiz já esteve lá com Pablo Lijo mas sem verdadeiro sucesso. Coki Nieto poderia, com seu perfil bastante defensivo, se sair bem pela direita, mas será que terá vontade?

Por enquanto, muitas perguntas e poucas respostas…

Que hierarquia depois de Málaga?

Logicamente, os dois pares que atualmente dominam o padel mundo, Coello / Tapia e Galan / Chingotto, ainda serão os mais prolíficos depois do P1 em Málaga. Atrás, porém, tudo está fadado a mudar e é difícil ver com clareza até sabermos exatamente quem vai jogar com quem.

Franco Stupaczuk e Miguel Yanguas têm jogos que parecem bastante compatíveis e serão sistematicamente sérios candidatos às meias-finais. Em termos individuais, Lebron e Di Nenno, que começará como dupla número 3, não têm muito o que invejar, mas será que o reposicionamento do cádiz funcionará desde o início?

Por trás disso, resta saber quem serão os companheiros de Garrido e Navarro, mas dizemos que duplas como Gonzalez / Ruiz ou Nieto / Sanz, se ainda forem relevantes, poderão esperar aproveitar as muitas mudanças para se sair bem no jogo.

Então, quem você acha que serão os próximos times a se separarem? Quem serão os 8 melhores pares depois do Málaga P1?

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !