Em entrevista realizada por nossos colegas do Tennis Legend, Toni Nadal explica que as raquetes de tênis deveriam ser menores e traça um paralelo com o padel.

Le padel é um desporto apreciado sobretudo porque é muito acessível. Em resumo, você pode se divertir rapidamente mesmo que não tenha uma técnica impecável, principalmente graças ao pás que são bastante tolerantes e controláveis. No tênis é bem diferente: antes de poder realmente aproveitar, você precisa de horas de treino para domar uma raquete pouco tolerante e conseguir dar golpes corretos.

Toni Nadal está convencido de que para evoluir o ténis deve fazer uma mudança material: “Há uma coisa, para mim, que devemos mudar: a raquete. A raquete deveria ser menor. Todo mundo quer jogar padel. Para que ? Porque vivemos numa sociedade onde precisamos de coisas fáceis.”

Ele continua: “O tênis está se tornando muito difícil para pessoas de 30 ou 35 anos que querem começar a jogar. É por isso que as pessoas jogam padel porque é mais acessível. A raquete é muito difícil para amadores e muito fácil para profissionais.”

Ou seja, jogadores altos e que batem com muita força, segundo ele, se beneficiam demais do braço de alavanca gerado pelo comprimento das raquetes, quando os amadores têm um objeto muito grande e difícil de manusear. Poderia uma raquete menor tornar o tênis mais acessível e mais agradável de assistir?

Xan é fã de padel. Mas também o rugby! E suas postagens são igualmente vigorosas. Treinador físico de vários padel, ele desenterra postagens atípicas ou trata de assuntos atuais. Também dá algumas dicas para desenvolver seu físico para o padel. Claramente, ele impõe seu estilo ofensivo como no campo de padel !