A American Padel Tour está preparando sua primeira edição para o 2020. As datas já foram comunicadas e começaremos em janeiro próximo, no berço do padel: o México.

O APT terá uma organização digna de um circuito profissional de padel. Teremos jogadores semi-profissionais ou mesmo profissionais neste circuito? O futuro nos dirá.

O México é o país onde o padel nasceu. Ele sediará o primeiro mestre da temporada 13 no 19 janeiro e será disputado na cidade de Mérida com uma doação de dólares do 20.000.

Foi o que anunciaram os líderes da American International Sport & mci, organizadora deste circuito, que terão pelo menos torneios 14 e um mestre final.

Um circuito que foi endossado pela Federação Continental de Padel da América (CAPF).

O novo circuito contará com o primeiro ano do país 7: México, Argentina, Brasil, Paraguai, Chile, República Dominicana e Estados Unidos.

Conforme anunciado pelo presidente do CAPF, Fabrice Pastor, as etapas se espalharão de janeiro a dezembro 2020 e proporão mais torneios 14 nas categorias open e master, além de um master final.

Lembre-se de que o American Padel Tour tem a ambição de se tornar o circuito de referência na América. Com os recursos disponibilizados, isso já é parcialmente conquistado. Os jogadores atenderão a chamada? Resposta final 2020.

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.