A semente número 4 finalmente ganha destaque em Bordéus Premier Padel P2. Fallers da dupla Osoro / Marrero (6/1, 7/6), o argentino e o português deram seus sentimentos por Padel Magazine.

Uma qualificação valiosa nas últimas quatro

Virgínia Riera: “Foi um jogo muito difícil. Começamos bem, mas a partir de 4/1 complicamos um pouco as coisas para nós mesmos. O mais importante é ter passado e estamos muito felizes por ainda estarmos na disputa. Aproveitamos o público francês e viveremos mais uma semifinal no Premier Padel. "

Sofia Araújo: “Às vezes perdemos um ponto e as coisas nem sempre correram como gostaríamos, mas tudo bem. Estou muito feliz por estar em Bordéus mais um tempo. »

Marta Marrero, o retorno de uma “concorrente nata”

RV: “Pessoalmente fiquei super feliz em vê-la voltar ao circuito, fiquei muito feliz em jogar contra ela novamente. Ela é uma competidora nata, sempre dificulta os jogos. Mas felizmente conseguimos vencer. »

Virgínia Riera / Sofia Araújo

Um renascimento após a primeira separação?

DELA : “2023 foi um ano complicado para mim. Muitas vezes mudei de parceiro devido às circunstâncias, mas estou feliz em jogar com “Vi”. Estamos chegando lá aos poucos, estamos melhorando os sentimentos. Tivemos alguns bons torneios no início e continuamos a aproveitá-los. »

RV: “Acho que mudamos desde a última vez que jogamos juntos (em 2019, nota do editor). Crescemos separados, mas hoje lutamos juntos. »

DELA : “Há momentos em sua carreira em que você precisa se separar. Tocávamos juntos há dois anos e precisávamos de uma mudança. Foi bom porque, no final, cada um de nós progrediu por conta própria. Espero que nosso par continue! »

2024, um ano sem paralisações!

DELA : “É uma temporada muito movimentada. Temos muitos torneios para fazer, além dos de Premier Padel. Joguei qualificação para o Campeonato da Europa de 2024 com Portugal e estou orgulhoso de ter ultrapassado o limiar europeu. Vim direto para Bordeaux, mas não estou cansado! »

https://www.youtube.com/watch?v=S9eygkSd6Ss&ab_channel=PadelMagazine

Foi através de seu pai que Auxence descobriu o padel, uma noite de junho de 2018. Hoje, ele acompanha apaixonadamente o circuito internacional e provoca o pala em seu clube de treinamento, Toulouse Padel Clube. Você também pode encontrá-lo em La Feuille de Match e LesViolets.com, dois meios de comunicação especializados no Toulouse Football Club.