Este é um fenômeno ao qual muitos clubes ao ar livre podem estar expostos: o de pássaros se matando contra as janelas das pistas de esqui. padel.

De fato, sendo os vidros traseiros completamente transparentes, os pássaros tendem a não distingui-los e muitas vezes batem neles. Se eles chegarem rapidamente, o choque é simplesmente fatal...

Na comunidade autónoma de Aragão e mais precisamente na localidade de Bubierca, a uma hora de Saragoça, o conselho regional encontrou a solução.

De fato, se Aragão é uma terra incrível de acolhimento para pássaros em busca de liberdade, há alguns anos o governo tem observado que um bom número desses pássaros está colidindo com o solo de padel da região.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente fez inclusive um estudo sobre esse fenômeno nocivo para a fauna local em três trilhas de padel em Saragoça e conseguiu contar mais de 100 aves mortas em apenas um ano! Para remediar este flagelo, a Região decidiu colar autocolantes nas janelas para sinalizar a sua presença às aves. Faixas verticais cinzentas que fazem pensar do lado de fora que o vidro é de fato uma grade.

E o resultado foi surpreendente porque em um ano o clube não lamentou nenhum acidente: uma taxa de sucesso de 100% para este projeto que foi, portanto, estendido a outros municípios.

Então, se você também tem esse problema de pássaros em seu clube, sabe o que tem que fazer!

Fonte: Revista Quercus

Sebastien Carrasco

Fã de padel e de origem espanhola, o padel corre em minhas veias. Muito feliz em compartilhar com vocês minha paixão através da referência mundial da padel : Padel Magazine.