Le padel O espanhol definitivamente superou o tênis? A pandemia global e a contenção não alteraram a paixão na península, muito pelo contrário. Os clubes ainda estão lotados e a prática se estende cada vez mais às mulheres.

Vendido

Desde 2019, o número de licenciados em padel ultrapassou o do tênis, apesar da presença imponente de Rafael Nadal para rejuvenescer o alvo dos praticantes. Assim que o nó das restrições se afrouxou, os clubes de padel recuperaram sua riqueza. No as colunas do jornal El País, Ramón Morcillo, presidente da FEP, afirma: “Todos os clubes estão lotados”. E com o toque de recolher, as demandas se intensificaram. Como o horário de funcionamento é menor, os slots de reserva são tomados de assalto. Menos é mais.

Estabilidade apesar da pandemia

Apresentado como um esporte que respeita o distanciamento social, le padel resistiu a COVID-19 melhor que qualquer um. Segundo dados do Conseil Supérieur des Sports (CSD), o padel registrou 75 licenças federais em 818, em comparação com 2019 para o tênis. No espaço de 71 anos, o número de licenciados aumentou 283% e espera-se que a tendência aumente com a pandemia. Apesar das dificuldades, o número manteve-se estável em 2020 (apenas 270 licenças a menos) quando, por exemplo, o futebol feminino registou uma queda de 37%. Na Galiza e na Andaluzia, houve até aumentos de 14 e 28%!

Um terço das mulheres

Mais boas notícias para o padel : a prática feminina está crescendo. Na verdade, de acordo com os últimos números, 32% dos licenciados são licenciados. O nível que continua subindo no World Padel Tour é um grande catalisador para atrair novos jogadores. A cobertura da mídia do circuito é um dos vetores de crescimento do padel, inclusive na Espanha, um país de grande tradição. Prova de que, apesar dos obstáculos, o trabalho aprofundado realizado ao longo de muitos anos ganha agora o seu sentido pleno.

François Miguel Boudet Jornalista padel esporte

Sou um jornalista esportivo que mora em Barcelona e, obviamente, um fã de padel.

RMC Sports, L'Equipe Magazine, Sport24, Infosport +, BeIN sports e agora a cereja do bolo: Padel Magazine ! ;)

Identificações