Posicionar-se na rede não é fácil padel. Mas é ainda mais complicado chegar a esta posição ofensiva. Aqui estão algumas idéias que podem ajudá-lo a conquistar a rede sem se colocar em perigo.

Jogar um voleio pode parecer simples, mas não é tão fácil. Existe o vôo de construção, o voleio ofensivo, o voleio de finalização, o voleio bloqueado, o voleio de contra-ataque, enfim você terá entendido, um grande número de voleios, e... o voleio de transição.

O que é o vôlei de transição?

Simplificando, é um voleio que é usado para passar da zona de defesa para a zona de ataque ou, em outras palavras, do fundo da quadra para a rede.

Não deve ser confundido com um voleio feito para trás em direção ao fundo da pista, usado para manter a bola em jogo, que poderíamos chamar de emergência. O vôlei de transição, pelo contrário, é realizado avançando, para empurrar os adversários para as janelas traseiras e, assim, assumir a ofensiva por nossa vez, sem pressa.

Pedro Araujo vôlei de forehand APT Padel Kungsbacka Open I Tour 2021

Os erros mais comuns

  • Pressa. Chegar à rede em silêncio é uma tática como qualquer outra. Não pense como um tenista que não se permite parar na Terra de Ninguém. O voleio de transição é usado para levar o seu tempo.
  • Acelere o jogo. Na fase de transição não podemos pensar em ganhar o ponto, mas sim em repelir os jogadores à nossa frente.
  • ser agressivo. Este é um dos erros mais comuns. Acreditamos que porque jogamos um voleio, temos que ser agressivos. Completamente o oposto. Com este voleio de transição, devemos privilegiar a precisão, o controle, para complicar o chute que os adversários terão que jogar.
  • Pule na bola. Quando estamos perto da rede, podemos “lançar” a bola para voltá-la. Mas quanto mais longe estamos, mais temos que esperar pela bola e usar nosso peso corporal.

Técnico

Existe em padel várias maneiras de jogar um voleio. A primeira coisa, e certamente a mais importante, será ser parado antes que os adversários toquem na bola para sua recuperação. Se quando os jogadores adversários tocarem na bola você ainda estiver em movimento, pode ter certeza que seu voleio será mediano ou mesmo que você cometerá uma falta.

Como dito acima, quanto mais longe estivermos da rede, mais teremos que esperar pela bola e usar nosso peso corporal para ganhar controle e potência, este é o voleio 50/50. Para este arremesso, ficaremos suspensos, com o pé direito no ar para um voleio de forehand com a mão esquerda ou voleio de backhand com a mão direita. Levantar este pé nos permitirá transferir o peso do corpo para frente e simplesmente dar um pouco mais de velocidade à bola.

No momento do impacto com a pala, vamos colocar o pé no chão para um voleio 50/50, o equilíbrio perfeito entre potência e controle. É com este tipo de remate que conseguiremos, pouco a pouco, chegar a esta zona final que é a rede.

Iniciantes ou jogadores experientes não hesitem em tentar colocar em prática este vôlei de transição que fará você descobrir novos chutes e novas táticas de jogo.

Julien Bondia

Julien Bondia é professor de padel em Tenerife. Ele é o fundador da AvantagePadel.net, um software muito popular entre clubes e jogadores de padel. Colunista e conselheiro, ele ajuda você a jogar melhor com seus diversos tutoriais padel.