Bastien Blanqué, associado a Marcello Jardim, será o único francês presente amanhã de manhã na final preprevia do WPT Cupra Las Rozas Open.

Hoje de manhã apenas Johan Bergeron e Victor Mena Gil venceram na primeira rodada do pré-previa. Jérémy Scatena e Benjamin Tison lutou uma grande luta contra José Luis Gonzalez Rodríguez e Alvaro Melendez Amaya, que finalmente mudou para o lado dos adversários: 7/5 4/6 3/6. Loïc Le Panse e Nicolas Trancart também teve uma manhã difícil, contra Luis Ortega Pérez e Jaime Fermosell Delgado: 1 / 6 4 / 6.

Esta tarde, uma situação totalmente inusitada ocorreu na oposição entre Bergeron / Mena Gil et Jose Jimenez Casas / Carlos Marti Vaño. Em uma partida muito quente e marcada por muitas disputas, o árbitro desqualificou ambas as equipes após uma briga.

depois colado a um conjunto em todos os lugares (4/6 6/4), Bergeron e Mena Gil são insultados enquanto estão em sua cadeira, O parceiro de Jo se levanta e fica cara a cara com Carlos Marti Vaño, o que leva à desclassificação de ambos os pares.

Questionado por nós, Johan Bergeron nos conta sua versão dos fatos : « Ils ont essayé de nous voler des points dès le début du match, nous ont insultés. Je trouve dommage que le juge arbitre ne se soit pas manifesté plus tôt dans le match pour faire cesser leur comportement inadmissible… »

Muito decepcionado, aqui está a história que o campeão francês publicou após a partida no Instagram :

Desqualificação da história de Johan Bergeron

Felizmente para a delegação francesa, Bastien Blanqué e Marcello Jardim, em seu segundo jogo juntos, conseguiu superar o jovem Pablo García Rodrigo e o veterano Raúl Díaz (39). Uma vitória rápida 7/5 2/7 7/6.

Uma vitória que lhes permite disputar a final da préprevia amanhã de manhã, às 09h00Revestimento Diego Gil Batista (132) e Francisco Jurado Sosa (108) ! Uma grande combinação em perspectiva!