Emocionado às lágrimas, ao longo da semana em Mendoza, jogando diante de seus torcedores argentinos e um público jubiloso, Fernando Belasteguin não sofreu uma derrota amarga depois de ter perdido um match point durante auma final de quase três horas, domingo contra Pablo Lima e Franco Stupaczuk.

Diante de mais de 11 espectadores que a aplaudiram de pé após a partida, a lenda de Pehuajó prestou homenagem aos vencedores, ao público, ao jovem parceiro Arturo Coello... e sobretudo ao padel !

“Primeiro quero parabenizar Pablo e Franco, porque fizemos um grande jogo juntos. Como eles disseram, foi reduzido a dois pontos e a vitória poderia ter ido para qualquer um dos times. Tenho a sensação de que é especialmente o padel que venceu esta final dos sonhos e espero que seja apenas a primeira edição de inúmeras que serão realizadas aqui em Mendoza. Tivemos um dia recorde e um torneio recorde e isso é graças a todos vocês. »

Fernando Belasteguin após a final do Premier Padel P1 de Mendoza, Argentina.

"Tenho que agradecer todo o apoio e amor que recebo em cada momento que passo aqui na Argentina e quero continuar a fazer todos os esforços para poder continuar jogando esses torneios na frente de vocês e fazê-lo ao lado de vocês, 21 anos [Nota do editor: ele diz apontando para seu companheiro de equipe], o que eu realmente aprecio. Agora é descansar, voltar a treinar e continuar jogando como tenho feito toda a minha vida. E ainda quero parabenizar Pablo e Franco pelo grande jogo que fizeram e agradecer a todos novamente. »

Jérome Arnoux jornalista

Após 40 anos de tênis, Jérôme cai no pote de padel em 2018. Desde então, ele pensa nisso todas as manhãs enquanto faz a barba ... mas nunca faz a pala na mão! Jornalista na Alsácia, ele não tem outra ambição senão compartilhar sua paixão com você, quer você fale francês, italiano, espanhol ou inglês.