Léa Godallier, a 71ª jogadora do mundo e a 3ª francesa, será a convidada do nosso próximo show de padel de 100%: The Face-to-Face. Segunda-feira, 25 de maio às 18h, você pode acompanhar e participar do show no Instagram e no Facebook.

Os grandes começos

Léa Godallier ainda é um jogador que só começou a jogar padel recentemente. Apesar disso, a francesa conseguiu encontrar um lugar no Team France.

De volta ao início de sua aventura no padel e sua nova vida na Espanha.

Treinamento de remo

Como você treina durante esse confinamento? Como você se prepara? Léa conseguiu se preparar para atacar a retomada do World Padel Tour?

Equipe de padel francês

Léa Godallier fez parte da equipe francesa de padel muito rapidamente depois de finalmente ter começado o padel. Ela vai nos explicar como chegou lá?

Como foram suas associações no Team France? Pontos positivos / pontos negativos?

Lembramos que durante a Copa do Mundo no Paraguai, Léa Godallier não pareceu viver 100% sua aventura. Vamos ver se foi apenas uma impressão?

Tour do Padel do Mundo

Também voltaremos à sua aventura no circuito profissional de padel: o World Padel Tour.

Léa passou por muitos estágios e jogadores desde seu início no circuito. Como ela explica isso?

A associação com Laura Clergue é um acompanhamento lógico?

Jogando padel misto

Também vemos o padel misto se desenvolvendo na França. É para um campeonato francês de padel misto?

O relacionamento com seu parceiro

Na carreira de padel, Léa Godallier já foi confrontada com problemas de relacionamento e comunicação com seus parceiros. Vamos tentar entender o que aconteceu com Mélissa Martin.

Quais são as maiores dificuldades com um parceiro?

Questões

  • O padel: esporte coletivo ou esporte individual?
  • A raiva de Léa?
  • O parceiro dos seus sonhos?
Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.

Identificações