O coronavírus já mudou o mundo. Nunca mais seremos os mesmos depois dessa epidemia.

Nossos avós haviam passado por uma guerra, teríamos passado por uma das maiores crises de saúde que o mundo passou.

Nós já devemos lamentar nossos mortos. Mas também podemos lamentar vidas que colapsam com a cessação completa da vida nos negócios.

É secundário, alguns diriam. No entanto, hoje as famílias enfrentam uma crise econômica que ninguém poderia prever.

Com frequência, a realidade vai além da ficção. E teríamos preferido ficar sem esse ditado desta vez!

Diante dessa observação mortal, o que devemos fazer? Pare de esperar? Pare de rir por causa da gravidade das circunstâncias?

Todo mundo tem seu próprio jeito de lidar. Ninguém vai julgar. Optamos por continuar trabalhando em Padel Magazine e às vezes até para brincar com a zombaria ou disseminar informações incomuns.

Boa sorte a todos e, claro, fique em casa.

Franck Binisti

Franck Binisti descobre o padel no Pyramid Club em 2009 na região de Paris. Desde então padel faz parte de sua vida. Você costuma vê-lo em turnê pela França, cobrindo os grandes eventos franceses de remo.

Identificações